3º Termo

Vídeos – Erros

Escorregadas do Presidente

301 erros

William Waack -Jornal da Globo

Hoje em dia. A gente…

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Placas Erradas

Site com placas repletas de erros ortográficos e gramaticais.

Acesse aqui

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Concordância Nominal

Contéudo para aprimorar suas habilidades e entendimento do contéudo.

Acesse aqui

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

100 erros mais comuns

Dicas interessantes para que você não cometa erros durante uma produção textual.

100_ERROS_MAIS_COMUNS_PORTUGUES

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Dicas para uma boa dissertação

Fonte: http://www.coladaweb.com/

Dominar a arte da escrita é um trabalho que exige prática e dedicação. No entanto, conhecer seu lado teórico é muito importante. Aqui você encontra um resumo desta teoria. Aplique-a em seu trabalho mas não se esqueça: você precisará fazer a sua parte, isto é, escrever.

SIMPLICIDADE

Use palavras conhecidas e adequadas. Escreva com simplicidade. Para que se tenha bom domínio, prefira frases curtas. Amarre as frases, organizando as idéias. Cuidado para não mudar de assunto de repente. Conduza o leitor de maneira leve pela linha de argumentação.

CLAREZA

O segredo está em não deixar nada subentendido, nem imaginar que o leitor sabe o que você quer dizer. Evidencie todo o conteúdo da sua escrita. Lembre-se: você está comunicando a sua opinião, falando de suas idéias, narrando um fato. O mais importante é fazer-se entender.

OBJETIVIDADE

Você tem que expressar o máximo de conteúdo com o menor número de palavras possíveis. Por isso não repita idéias, não use palavras demais ou outras coisas que só para aumentem as linhas. Concentre-se no que é realmente necessário para o texto. A pesquisa prévia ajuda a selecionar melhor o que se deve usar.

UNIDADE

Não esqueça, o texto deve ter unidade, por mais longo que seja. Você deve traçar uma linha coerente do começo ao final do texto. Não pode perder de vista essa trajetória. Por isso, muita atenção no que escreve para não se perder e fugir do assunto. Eliminar o desnecessário é um dos caminhos para não se perder. Para não errar, use a seguinte ordem: introdução, argumentação e conclusão da idéia.

COERÊNCIA

A coerência (coesão) entre todas as partes de seu texto, é fator primordial para se escrever bem. É necessário que elas formem um todo. Para isso, é necessário estabelecer uma ordem para as idéias se completem e formem o corpo da narrativa. Explique, mostre as causas e as conseqüências.

EXEMPLOS

Obedecer uma ordem cronológica é um maneira de se acertar sempre, apesar de não ser criativa. Nesta linha, parta do geral para o particular, do objetivo para o subjetivo, do concreto para o abstrato. Use figuras de linguagem para que o texto fique interessante. As metáforas também enriquecem a redação.

ÊNFASE

Procure chamar a atenção para o assunto com palavras fortes, cheias de significado, principalmente no início da narrativa. Use o mesmo recurso para destacar trechos importantes. Uma boa conclusão é essencial para mostrar a importância do assunto escolhido. Remeter o leitor à idéia inicial é uma boa maneira de fechar o texto.

LEIA E RELEIA

Lembre-se, é fundamental pensar, planejar, escrever e reler seu texto. Mesmo com todos os cuidados, pode ser que você não consiga se expressar de forma clara e concisa. A pressa pode atrapalhar. Com calma, verifique se os períodos não ficaram longos, obscuros. Veja se você não repetiu palavras e idéias. Àmedida que você relê o texto, essas falhas aparecem, inclusive, erros de ortografia e acentuação. Não se apegue ao escrito. Refaça se for preciso. Não tenha preguiça, passe tudo a limpo quantas vezes forem necessárias. No computador, esta tarefa se torna mais fácil. Faça sempre uma cópia do texto original. Assim você se sentirá à vontade para corrigir quanto quiser, pois sabe que sempre poderá voltar atrás.

Veja também:

Estrutura de uma Redação

Maneiras de se elaborarem dissertações

Dicas de Redação

Desenvolvimento de uma redação

Conselhos úteis para elaboração de uma redação

Método fácil de se elaborar uma dissertação

Abraços

Professores Marcos e Vânia.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Sugestão de Aula – 01

As novas alterações ortográficas

Nosso objetivo neste pequeno texto é expor as principais alterações introduzidas pelo novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, que entra em vigor, facultativamente, em janeiro de 2009 e, obrigatoriamente, a partir de janeiro de 2013. Primeiramente, deve-se observar que não houve mudança em relação à língua portuguesa, mas sim no registro escrito dessa língua. O Acordo é meramente de caráter ortográfico, não afetando, portanto, nenhum aspecto da língua falada. Por exemplo, mesmo tendo sido suprimido o trema sobre o “u” em “tranquilo”, a pronúncia do vocábulo continua a mesma, com o “u” sendo pronunciado normalmente, como antes do Acordo. Uniformização ortográfica nada tem a ver com uniformização da língua. Mesmo se adotando uma ortografia praticamente comum, continuarão a existir as diferenças entre as diversas línguas portuguesas tanto em nível de nações (português de Portugal, de Angola, do Brasil, etc.) quanto em nível da pluralidade linguística num mesmo país (os falares gaúcho, mineiro, baiano, no caso do Brasil, por exemplo). Deve-se ter em mente que o Acordo Ortográfico visa a uma padronização unicamente no nível escrito da língua portuguesa. Um dos objetivos centrais do Acordo Ortográfico é a criação de uma comunidade de países de língua portuguesa que se constitua num grupo linguístico expressivo, capaz de ampliar seu prestígio junto aos organismos internacionais, além, é claro, de unificar e potencializar o mercado editorial de língua portuguesa em nível mundial.

Fonte: José Geraldo Pereira Baião In: Principais Tópicos da Nova Ortografia da Língua Portuguesa

Selecione os tópicos abaixo para ter acesso às novas regras

%d blogueiros gostam disto: